Jurídico
SEGURO DE VIDA

A cláusula 63ª da Convenção vigente, repetindo convenções anteriores, estabelece a obrigatoriedade da contratação, por conta da empresa , de seguro de vida em grupo em favor de seus empregados, cujos beneficiários serão aqueles que já tiverem essa condição no INSS.

O seguro deverá atender às seguintes coberturas mínimas: R$ 5.000.00 (cinco mil reais) em caso de morte; R$ 5.000.00 (cinco mil reais) em caso de invalidez ; R$ 2.500.00 (dois mil e quinhentos reais) em caso de morte do cônjuge; R$ 1.250.00 (hum mil duzentos e cinqüenta reais ) em caso de morte de filho ou filha do empregado.

Essas importâncias serão devidas qualquer que seja a causa da morte ou invalidez .

Alertamos os nossos empresários para a obrigatoriedade desse seguro, porquanto, em caso de infortúnio, a empresa respondera pelo pagamento.

A cláusula em questão dispõe ainda que, em caso de morte , as empresas adiantarão ao empregado ou seu dependente, a quantia de R$ 1.000.00 (hum mil reais) para fazer face às despesas do funeral, a qual será compensada quando do pagamento do seguro , para o que o beneficiário autorizará a seguradora a repassar essa quantia diretamente ao empregador.

Seu Sindicato está á disposição para mais esclarecimentos.

DAMIANO GULLO
Diretor Jurídico da FHORESP
(11) 3327-2064
 
Parceiros:

     

Mapa do Site | Contato
Melhor visualizado em1024x768
Copyright 2000/2008 SINHORES-SP Ltda. Site desenvolvido por Departamento de informática do SINHORES-SP